terça-feira, 31 de julho de 2018

TANGARÁ: Coleta do lixo eletrônico será realizada na próxima semana


A Prefeitura de Tangará estrará realizando mais uma edição da coleta de coleta de lixo eletrônico neste ano de 2018. A coleta será realizada no dia 09 de Agosto, no barracão da Secretaria de Obras, com início a partir das 09 horas até às 16 horas.
Entre os artigos que poderão ser entregues no dia da coleta estão micro-computadores, gabinetes, teclados, mouses, impressoras, nobreak, estabilizadores, Hds, celulares, baterias de celulares, baterias automotivas, telefones, cabos de rede, caixas de som, processadores, notebook, fontes, carregadores, televisões entre outros artigos da modalidade eletroeletrônicos. A coleta é realizada pela Empresa Alpha Lixo Digital que há anos realiza esse trabalho em diversos municípios da região com grande êxito.
As Lâmpadas Fluorescentes, toners e materiais que tenham sido alterados terão um custo de R$ 0,50 por unidade para recolhimento, tubos de Imagem R$ 5,00
Segundo o responsável pela área de informática da Prefeitura de Tangará, Andrey Alberti, essa será uma oportunidade para que as pessoas possam descartar artigos eletrônicos que não utilizam mais, para que possa ser dado um destino correto a esses equipamentos. “As pessoas entregando esses eletroeletrônicos além de se desfazerem de artigos que muitas vezes estão ociosos em casa, ajudam na preservação do meio-ambiente, sendo que estes artigos serão entregues a uma empresa especializada que saberá o que fazer com esse material” finaliza.

Prefeitura Municipal

segunda-feira, 30 de julho de 2018

SC tem mais de 101 mil trabalhadores que podem sacar abono salarial do ano-base 2016



Santa Catarina tem 101.753 trabalhadores que podem sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2016, informou o Ministério do Trabalho. O prazo, que havia terminado em 29 de junho, foi prorrogado até 30 de dezembro.


Tem direito ao benefício quem trabalhou em 2016 e recebeu até dois salários mínimos. Além disso, é preciso estar há pelo menos cinco anos inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).


O servidor público deve procurar o Banco do Brasil para sacar o benefício. Os da iniciativa privada, a Caixa Econômica Federal.


O valor que cada pessoa tem para sacar depende de quanto tempo ela trabalhou em 2016. Se foi o ano todo, recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por 30 dias recebe o valor mínimo, de R$ 80.


Juntando o benefício de todos os trabalhadores, Santa Catarina tem disponível para saque R$ 73,2 bilhões, segundo o ministério.


O benefício relativo ao ano-base 2017 também está disponível até 28 de junho de 2019.

G1

NESTA TERÇA: Prazo para pagamento em cota única de IPVA

reprodução/ilustrativa

                                        (Assessoria de Comunicação)
O prazo para pagamento, em cota única, do IPVA de veículos com placa final 7, é nesta  terça-feira, dia 31. Os motoristas que optarem pelo parcelamento do imposto podem pagar a primeira parcela até o dia 10 de agosto.
A quitação do IPVA é um dos requisitos para licenciar o veículo. O não pagamento também implica em Notificação Fiscal, com multa de 50% do valor devido, mais juros SELIC ao mês ou fração.


TANGARÁ: II EDIÇÃO DO MUTIRÃO DE CASTRAÇÃO


foto:Lodovino Pilatti
A Prefeitura de Tangará através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com o grupo de protetoras Focinhos do Bem, e com a ONG Causa Animal/Videira-SC,  realizaram nesta segunda-feira (30) a 2ª edição do mutirão de castração. 

Neste ano o serviço foi prestado numa unidade móvel.

O objetivo desta iniciativa é evitar a superpopulação de animais nas ruas e também impedir a proliferação de doenças no município.

CAÇADOR: Mutirão de castração atende 46 animais de rua de forma gratuita


O Projeto Castração ocorreu nesse final de semana no Parque Central

Mais de 240 cães e gatos foram atendidos no mutirão de castração social realizado nesse sábado e domingo, 28 e 29, no Parque Central de Caçador. Ao todo, 46 castrações foram feitas gratuitamente para animais que eram de rua, acolhidos por protetores independentes ou cadastrados junto ao Centro de Bem-estar Animal.

O mutirão é realizado na unidade móvel, sendo uma carreta de 15 metros de comprimento equipada com tudo o que há de mais moderno em tecnologia para esterilização e totalmente de acordo com as normas sanitárias.


O Projeto Castração é uma iniciativa da veterinária Marina Dante, que é a proprietária da carreta Castra-móvel. Em Caçador, o mutirão ocorreu com apoio dos protetores independentes e da ONG Causa Animal de Videira.


A cirurgia tem 1,0 cm, e a recuperação é rápida. Nela, é retirado útero, trompas e ovários e as fêmeas nunca mais entram no cio ou terão ninhadas.

Na opinião dos organizadores, o evento foi um grande sucesso e o objetivo foi alcançado. O projeto tem mais de 20 anos e já realizou mais de 150 mil castrações no país visando promover o controle populacional de animais.
Fonte: Caçador Online

REGIÃO: Vice-Prefeito de Ibicaré não pode mais receber remuneração por dois cargos públicos



Liminar determina que Vice-Prefeito receba apenas remuneração do cargo eletivo e bloqueia bens no valor já recebido irregularmente pelo cargo efetivo de Fiscal de Turma desde janeiro de 2017.
 
reprodução da internet (google)
O Vice-Prefeito do Município de Ibicaré Olavo Boesing está impedido de receber cumulativamente pelo exercício desse cargo eletivo e do cargo efetivo de Fiscal de Turma, como tem feito desde janeiro de 2017. A decisão liminar obtida pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) também determina o bloqueio de bens do Vice-Prefeito e do Prefeito até o valor do prejuízo já causado aos cofres públicos.
A ação civil pública com pedido liminar foi ajuizada pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joaçaba. De acordo com o Promotor de Justiça Jorge Eduardo Hoffmann, a liminar objetiva cessar, desde já, o pagamento irregular e garantir o ressarcimento do erário caso a ação seja julgada procedente.
De acordo com o Promotor de Justiça, o acúmulo da remuneração dos dois cargos públicos - o cargo eletivo para o Poder Executivo e o cargo de servidor efetivo - é proibido tanto pela Constituição Federal como pela Estadual e ainda pela Lei Orgânica do Município de Ibicaré.
Inquirido pelo Ministério Público, o Prefeito Gianfranco Volpato disse que a decisão de cumular as remunerações de Boesling partiu do Poder Público Municipal, o qual por ele é chefiado, e que tal decisão se deu porque as atribuições dos cargos são divergentes, haveria compatibilidade de horários e não afetaria a qualidade do serviço prestado.
Porém, conforme sustenta o Promotor de Justiça na ação, não há hipótese legal para o pagamento em duplicidade. "A negligência dos requeridos em sequer consultar a viabilidade jurídica da cumulação de vencimentos configura no mínimo culpa grave, ensejando a responsabilização de ambos pela improbidade praticada, já que concorreram para a ocorrência de prejuízo ao erário", destaca.
O prejuízo aos cofres públicos foi calculado pelo Ministério Público em R$ 76.125.53, o que correspondente a soma dos vencimentos recebidos pelo Vice-Prefeito pelo cargo efetivo de Fiscal de Turma - o de menor remuneração - entre janeiro de 2017 e junho de 2018, quando foi ajuizada a ação.
O Promotor de Justiça requer que, no julgamento do mérito da ação, seja declarada a prática de ato de improbidade administrativa que causou prejuízo ao erário e enriquecimento ilícito, além da condenação ao ressarcimento integral do dano, perda dos valores obtidos ilicitamente, suspensão dos direitos políticos, perda da função pública, pagamento de multa e proibição de contratar com o Poder Público.
Até que a ação seja julgada, requereu a medida liminar, já deferida pelo Juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Joaçaba, determinando a imediata suspensão do pagamento pelo cargo de Fiscal de Turma e o bloqueio de bens dos dois réus, até o limite do valor do prejuízo causado aos cofres públicos. A decisão liminar é passível de recurso. (ACP n. 0900087-44.2018.8.24.0037)

Fonte: MPSC.

TANGARÁ: 8º Bingo do Lions Clube

clique na imagem para ampliar

Corredores de Tangará estiveram participando de evento no final de semana



A equipe “Corre Tangará” esteve participando neste final de semana de dois eventos. Alguns integrantes estiveram participando do Circuito da Unimed, no município de Mafra e outros da Corrida 12 Km em Rio das Antas.

5 km – Corrida Unimed, em Mafra (classificação em suas respectivas categorias):
Amarildo Schiavini, 3º lugar
Rosi Schiavini, 3º lugar
Aristeu Gaspar, 3º lugar

10 km – Corrida Unimed, em Mafra (classificação em suas respectivas categorias):
Adriana Menoncin, 2º lugar no geral feminino
Jucimara Padilha, 2º lugar
Franciane de Campos, 2º lugar
Graziele Gatelli, campeã

12 km – Rio das Antas
Tadeu Cendron, 5º lugar no geral masculino
Jean Sauer, campeão

A equipe “Corre Tangará” agradece o apoio da Prefeitura Municipal de Tangará, e comunica que estará em Caçador e Videira no próximo dia 19 de agosto.

fonte: LaPelota

ONS diz que bandeira tarifária vermelha continuará em agosto



ilustrativa/reprodução
O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luís Eduardo Barata, informou hoje (26) que a bandeira tarifária deverá continuar vermelha em agosto, uma vez que o país enfrenta adversidades climáticas em razão da falta de chuva, predominante agora em julho.
A bandeira tarifária vermelha (patamar 2) tem o custo adicional na conta de luz de R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. A repetição da bandeira do mês de junho deve-se à manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e à tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN).
"A bandeira vermelha deve continuar em agosto e a tendência é de que ela deva permanecer até o final do período seco. A situação hidrológica encontra-se em situação adversa de norte a sul do país e a chuva não cai", explicou.
Eduardo Barata, no entanto, afastou o risco de desabastecimento de energia elétrica. "A energia estará mais cara, embora não haja risco de desabastecimento. Mas com certeza a um custo [da energia] bem maior. Isto significa que é importante que se reduza o consumo, o que também consequentemente acarretará na redução do custo para o consumidor final. Reduz o consumo, reduz o custo", disse.

El Niño
O diretor geral disse que trabalha com a expectativa da chegada do fenômeno conhecido como El Niño, que vem trazendo chuvas para o Sul do país e deverá melhorar a situação hidrológica da região e, consequentemente, também melhorar a oferta de energia elétrica nos estados da região.
"O que tem acontecido hoje é que como não vem chovendo nesse período, e as chuvas no Sul estão muito escassas, o Sudeste é que está tendo que fornecer energia para a região. Na medida em que começar a chover no Sul, a gente começa a gerar [energia] por lá. E aí o Sudeste é desonerado".
Eduardo Barata disse que o que vem, em parte, contribuindo para o fornecimento de energia no país, é a Região Nordeste, uma vez que as usinas eólicas estão "bombando". "E este é um fenômeno que deverá continuar pelos próximos dois meses, uma vez que esse período que vai até setembro é o ponto alto dos ventos nos estados do Nordeste. São as eólicas instaladas em grande quantidade na região, aliada às térmicas [usinas] que seguram o suprimento de energia nos estados da região e ainda permite a exportação do excedente pelo Sistema Interligado Nacional".
Agência Brasil

Início de semana com temperatura mais baixa em SC



Condição de geada nas áreas altas do Oeste ao Planalto



Segunda-feira (30/07):

Tempo: seco com sol e algumas nuvens em SC. 

Temperatura: baixa, em elevação durante o dia.

Vento: sudoeste a sudeste, fraco.

Sistema: sistema de alta pressão (massa de ar frio) no Sul do Brasil.


Terça e Quarta-feira (31/07 e 01/08):

Tempo: nevoeiros e mais nuvens com chance de chuva fraca especialmente no início e final do dia na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Litoral Norte. Nas demais regiões, tempo mais aberto com predomínio de sol e nevoeiros ao amanhecer.

Temperatura: baixa ainda na madrugada e amanhecer, com condição de geada nas áreas altas do Oeste ao Planalto Sul. No decorrer do dia, temperatura em elevação.

Vento: sudeste a nordeste, fraco a moderado com rajadas no Litoral.

Sistema: sistema de alta pressão (massa de ar frio) em deslocamento para oceano, favorecendo entrada de umidade na Grande Florianópolis e norte de SC.


Quinta-feira (02/08):

Tempo: nebulosidade variável com chuva da Grande Florianópolis ao norte de SC. Nas demais regiões, sol com aumento de nuvens.

Temperatura: em elevação.

Vento: nordeste, fraco a moderado.


Sexta-feira (03/08):

Tempo: nebulosidade variável com aberturas de sol em SC. No decorrer do dia, condição de chuva especialmente nas regiões Oeste e Meio-Oeste, devido a um cavado.

Temperatura: em pequena elevação devido a cobertura de nuvens.

Vento: nordeste a noroeste, fraco a moderado.


TENDÊNCIA de 04 a 13 de agosto de 2018

O mês começa com sol, variação de nuvens, sem chuva significativa e temperatura em elevação em SC. Por volta dos dias 07 e 08/08, uma nova frente fria avança pelo Sul do Brasil, provocando chuva em todas as regiões e na sequencia diminuição de temperatura com a chegada de uma massa de ar frio.  Informações da Epagri/Ciram.

OESTE: GAECO cumpre mandados de busca a apreensão em Chapecó


Foto:Reprodução internet
A unidade de Chapecó do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) deflagrou a operação Luzes de Natal, cumprindo na manhã desta segunda-feira (30) quatro mandados de busca e apreensão, em apoio à investigação conduzida pela 10ª Promotoria de Justiça de Chapecó.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Departamento de Decoração Natalina da Prefeitura Municipal de Chapecó, em uma empresa situada em Frederico Westphalen/RS e mais duas residências.

Estão sendo apurados fraude à licitação e superfaturamento na obra natalina conhecida como Rua Dançante, instalada na Rua Marechal Floriano Peixoto em frente a Catedral Santo Antônio, contratada pelo valor de R$ 307.710,00, e que acabou desabando no dia 17/12/2017.

A operação Luzes de Natal é resultado de uma investigação iniciada em janeiro deste ano, em razão de denúncia que relatou o envolvimento de três servidores públicos do Município de Chapecó no direcionamento e superfaturamento dessa licitação.

Além disso, a medida cautelar de busca e apreensão visa colher elementos para investigação de outros possíveis crimes, como falsidade ideológica e peculato.



Fonte: MP/SC

REGIÃO/Esporte: Fraiburgo Futsal Superviza empata em casa, veja as fotos da partida


2ª Rodada do Returno do Estadual da LCF - foto Ascom FF
Fraiburgo Futsal/Superviza, enfrentou neste sábado, 28 de julho, a Liga Caçador de Futsal e empatou em 3 x 3, em jogo válido pela 2ª Rodada do Returno do Estadual da Liga Catarinense de Futsal-LCF.
Acesse www.facebook.com/pg/fraiburgofutsal/photos e veja as fotos do jogo. Informações oficiais do Fraiburgo Futsal/Superviza, podem ser obtidas nos seguintes endereços eletrônicos:

Fonte: Ascom Fraiburgo Futsal

sexta-feira, 27 de julho de 2018

TANGARÁ: Acompanhamento do maior eclipse lunar do século marca abertura do Observatório Astronômico



Administração Municipal está implantando um observatório astronômico. O trabalho é executado através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer em parceria com a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico.  Os instrumentos estão  instalados em uma sala na antiga estação ferroviária, e o público poderá estar utilizando o espaço através de agendamento.
Como primeira ação a ser desenvolvida pelo Observatório Municipal, está o acompanhamento do maior eclipse lunar do século XXI que será nesta sexta-feira dia 27 a partir das 17h. Os equipamentos para observação estarão disponíveis na Praça Darcy Casagrande e toda a população poderá acompanhar de forma gratuita. Também haverá transporte das comunidades do interior com o seguinte itinerário:
Saída de Irakitan: 16h30min. Passando por Passo da Felicidade. Izidros e Gramados dos Santos rumo a Tangará.
Saída de Marari: 16h30min. Passando por Leãozinho, Gramado dos Lins, Bevilacqua, Gramados dos Santos, Linho, Tangará.
Saída de Aparecida 16 horas, Passando por São Miguel, São Francisco, Santa Catarina, Duas Pontes, Tangará.
O eclipse já inicia com a Lua eclipsada nascendo no horizonte, será visível total em alguns estados brasileiros e parcial em outros. Mas uma coisa é certa, o horário de observação é a partir do nascer da Lua. Esse será o primeiro evento astronômico da noite, iniciando por volta das 17h30min.
Apesar de ser visível em todo o território brasileiro, o eclipse poderá ser mais bem visualizado para quem mora nas regiões Nordeste, Norte, Sudeste e Sul. Pessoas do Centro-Oeste e Oeste do país visualizarão o eclipse quase no final. Por ser um evento que terá seu pico quando a Lua estiver baixa no céu, é interessante que você tenha uma boa visada para o horizonte na direção Leste. Com informações da prefeitura Municipal

Em alguns estados, preço do gás de cozinha supera 50% da renda dos mais pobres


Política de preço da Petrobras privilegia o lucro dos acionistas da empresa, enquanto sacrifica a população mais pobre do país




PEDRO VENTURA/AGÊNCIA BRASÍLIA

 Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, indicam que, em 2017, os rendimentos médios das famílias pertencentes aos 10% mais pobres da população variaram de R$ 117,04 (Maranhão) a R$ 773,97 (Santa Catarina). Considerando que uma família usa, em média, um botijão de gás de cozinha (chamado de gás liquefeito de petróleo, ou GLP) por mês, e tendo como referencial o preço do botijão no último mês de junho, é possível constatar que o custo do gás de cozinha na renda familiar representou 59% do orçamento entre os 10% mais pobres no Maranhão, 51,5% no Acre e 50,7% em Sergipe.

Já os menores percentuais foram registrados em São Paulo (10,8%), Distrito Federal (10,1%) e Santa Catarina (8,9%), conforme nota técnica divulgada pelo Dieese. “É bastante impactante, porque é um insumo fundamental para a produção de alimentos e, no caso do orçamento, as pessoas têm um dispêndio grande se o preço do combustível e do gás de cozinha é alterado”, explicou o diretor-técnico do instituto, Clemente Ganz Lúcio, em entrevista nesta quinta-feira (26), ao jornalista Glauco Faria na Rádio Brasil Atual.

Desde julho de 2017, a Petrobras mudou a política de preço do gás de cozinha, com reajustes frequentes para se equiparar ao preço do petróleo no mercado internacional. Assim, o valor do botijão residencial de 13 kg, que ficou congelado em R$ 13,51 nas refinarias da Petrobras entre janeiro de 2003 e agosto de 2015, em julho do ano passado subiu para R$ 17,81 e, em dezembro, atingiu R$ 24,38, um aumento de 37%.

“Temos levantamentos que mostram que o gás de cozinha, em algumas regiões do país, custa R$ 80 o botijão. Tínhamos há alguns anos um preço que era menos de um quarto desse valor, portanto, o preço foi multiplicado por quatro vezes em alguns casos”, afirma Clemente.

RBAPreço do botijão de gás oscila entre os estados, mas população mais pobre é sempre a penalizada

Segundo ele, para fugir do preço exorbitante, as famílias mais pobres tem trocado o gás de cozinha por outros insumos, como o álcool, por exemplo, uma mudança que tem causado muitos acidentes. “E é evidente que o impacto mais geral é dos preços praticados especialmente hoje, com a política que a Petrobras adota com os derivados do petróleo. Os impactos são os mais diversos, do ponto de vista econômico, comprometendo muitas vezes a dinâmica econômica, o custo de vida e, no caso dos mais pobres, comprometendo o orçamento familiar”, diz Clemente.

Para o diretor-técnico do Dieese, a Petrobras deveria adotar estratégias específicas na formação dos preços dos derivados do petróleo, especialmente o gás de cozinha, considerando a importância do produto no orçamento familiar. “A desigualdade no Brasil pode e deve ser enfrentada com políticas que permitam às famílias mais pobres terem capacidade de renda e consumo adequadas à sua condição, e uma das formas de fazer isso é por meio de políticas que permitam acesso à eletricidade, ao gás de cozinha, ao transporte coletivo, ao saneamento, educação, creches. São todas políticas que podem e devem ajudar para que enfrentemos e superemos a desigualdade. Colocar toda a responsabilidade e o custo sobre as famílias mais pobres é uma política que vai na contramão do enfrentamento das desigualdades e da justiça social.”
Máquinas paradas

A nota técnica do Dieese mostra que, sob a gestão de Michel Temer, a capacidade de produção de gás de cozinha do Brasil tem diminuído. O motivo é a decisão da Petrobras de reduzir a participação da empresa no abastecimento do país e, consequentemente, a produção das refinarias. Enquanto nos primeiros meses de 2018 a produção nacional diminuiu de 800 mil m³/mês para 670 mil m³/mês, a importação do gás de cozinha aumentou. O Brasil consome, em média, 1,11 milhão de m³ de GLP por mês, quantidade que se mantém estável há anos.

“As importações de GLP, nos primeiros quatro meses de 2018, cresceram 67,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Assim, a dependência brasileira em relação à importação de GLP para abastecimento do consumo interno saltou de 24%, nos quatro primeiros meses de 2017, para 40%, no mesmo período de 2018”, destaca o documento do Dieese, ressaltando que a diminuição da produção nacional prejudica a criação de postos de trabalho no país, justamente num momento de altas taxas de desemprego.

 RBA 

Frio em SC a partir de domingo

ilustrativo/reprodução


Sexta-feira (27/07):
Tempo: nevoeiros pela manhã com sol entre nuvens em SC, no decorrer do dia. À noite, condição de chuva fraca e isolada no Litoral.
Temperatura: em elevação.
Vento: nordeste a norte, fraco a moderado.
Sistema: frente fria no litoral Sul do Brasil.

Sábado (28/07):
Tempo: sol com aumento de nuvens em SC, no decorrer do dia. Entre a tarde e noite, pancadas de chuva com trovoadas isoladas do Oeste ao Sul do Estado.
Temperatura: em elevação.
Vento: nordeste a noroeste, fraco a moderado com rajadas, passando a sudoeste nas áreas de divisa com o RS no final do dia.
Sistema: avanço de uma nova frente fria pelo litoral Sul do Brasil.

Domingo (29/07):
Tempo: chuva isolada na madrugada e início da manhã, devido à passagem da frente fria por SC. No decorrer do dia, as nuvens diminuem e o sol aparece em todas as regiões. 
Temperatura: declínio acentuado a partir da tarde, com o avanço de uma massa de ar frio para o sul do Brasil.
Vento: sudoeste, moderado com rajadas.

Segunda e terça-feira (30 e 31/07):
Tempo: seco e ensolarado em todas as regiões de SC. 
Temperatura: baixa, com condição de geada nas áreas altas do Oeste ao Planalto.
Vento: sudoeste/sudeste, fraco a moderado.

TENDÊNCIA de 01 a 10 de agosto de 2018

No início do período, tempo seco, com frio e geada nas áreas altas do Estado. Depois disso, as temperaturas ficam mais elevadas. Entre os dias 03 e 07/08, chuva frequente mais frequente no leste de SC, com acumulados mais significativos previstos para o Litoral. Epagri/Ciram.

Eclipse mais longo do século criará lua de sangue nesta sexta


Foto:Reprodução internet
O eclipse lunar mais longo do século terá 1h42 de fase total e quase 4 horas de parcial nesta sexta-feira (27). Para assistir, é só checar a hora que a Lua nasce na sua cidade e estar mais perto da costa possível, no leste do Brasil. A melhor capital para assistir é Recife, mas João Pessoa vai poder começar a aproveitar apenas 1 minuto depois.
O eclipse
Um eclipse lunar total acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham, quando nosso planeta faz uma sombra no satélite. Isso faz a Lua ficar escura, perder o brilho, e é um fenômeno que pode ser visto a olho nu. Quem lembra do eclipse solar total que aconteceu nos Estados Unidos em agosto do ano passado sabe que é importante usar óculos especiais. No caso do eclipse da Lua, basta olhar para o céu: usar uma luneta ou um binóculo pode ajudar.
O fenômeno começa às 16h30, mas a Lua não terá nascido no Brasil. Mesmo assim, vamos poder observar uma parte da fase total – quando o satélite está inteiro na sombra – e da fase parcial (umbra). É só esperar a Lua nascer. Tudo acaba às 19h19.
Lua de sangue
A Lua desta sexta-feira também será de sangue – o fenômeno deixa o satélite com um tom avermelhado. Isso acontece porque os raios do Sol são bloqueados pela Terra, mas passam pela atmosfera. A luz é a soma de todas as cores (arco-íris) e cada uma delas se comporta de uma forma quando chega na camada de ar ao redor do nosso planeta. A cor azul, por exemplo, se espalha muito mais que a vermelha - que acaba predominando. Por isso, teremos a versão mais "quente" do nosso satélite.
Marte mais perto
Já descobrimos água líquida em um reservatório no planeta vizinho, e agora ele estará muito perto da Terra. De acordo com a Agência Espacial Brasileira (AEB), a distância será de 56 milhões de quilômetros, sendo que a média é de 228 milhões.
Além disso, ele aparecerá no lado oposto ao Sol, o que formará uma bela visão ao lado da Lua. Vale assistir o eclipse e ficar de olho no brilho do planeta vermelho.
Fonte: G1

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Informalidade e emprego precário estreitam horizontes para a juventude

Ação Educativa debate os impactos das reconfigurações do 

mundo do trabalho para a população mais jovem


Jovens emprego
Emprego formal é realidade cada vez mais distante para o jovem, que são mais afetados pela desemprego e informalidade
 No Brasil e no mundo, os jovens são os mais afetados pelo desemprego crescente e permanente, faceta da atual crise econômica agravada pelas reformas trabalhistas de caráter neoliberal. Entre os brasileiros na faixa dos 18 aos 24 anos, o número de desempregados chega a 28,1%, de acordo com o IBGE.
Somando-se a isso os cortes em programas de acessoao ensino superior, como o ProUni e o Fies, os jovens têm os seus sonhos de emancipação adiados ou mesmo abortados. Diante desse quadro, buscam saídas na informalidade – que alcança 38% nessa mesma faixa etária –, realizando bicos que garantam a sobrevivência do dia a dia.
"Um dos esforços é mostrar para o jovem o que é trabalho digno e decente, para que ele possa almejar isso", afirma o psicólogo Gabriel di Piero, supervisor de área de juventude da Ação Educativa, que promove a Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular
Segundo ele, as políticas públicas para a juventude nos últimos anos têm se concentrado em estratégias que buscam garantir a permanência dos jovens em espaços de ensino, retardando sua entrada no mercado de trabalho para que possam, com melhor formação, não se submeterem a trabalhos precários que proliferam no cenário atual.
Outra alternativa seria fortalecer programas que promovem a organização de empreendimentos autônomos constituídos pelos próprios jovens, como é o caso do Programa de Valorização das Iniciativas Culturais (VAI), criado em 2003 pela prefeitura de São Paulo, e que sofreu também com congelamento de verbas durante a gestão Doria. 
Para a antropóloga Alana Moraes, que pesquisa as novas configurações do trabalho nas ocupações urbanas na periferia de São Paulo, o modelo atual, que desregula as relações de trabalho, aumenta a pressão sobre os jovens porque a eles é atribuída a culpa quando não encontram inserção no mercado. "Com desemprego permanente e vínculos cada vez mais precários, é dito ao jovem que ele precisa ir em busca dessa empregabilidade para se tornar atraente ao mercado. Isso traz consequências devastadoras, como o aumento do suicídio e da depressão em jovens de todo o mundo."
O quadro deve ser mais do que uma crise passageira, com uma nova fase, de acordo com ela, na qual os melhores empregos estariam ligados à carreiras de alta qualificação de setores de ponta do chamado capitalismo cognitivo, em que a mercadoria não é mais o produto, mas sim os fluxos de informação e conhecimento. Do outro lado estarão os trabalhos cada vez mais precários, pagando baixíssimos salários mas ainda assim impondo exigências de formação cada vez maiores, dada a concorrência em função do número elevado de pessoas em busca de uma colocação.  (RBA)

REGIÃO: Videira ficará sem cobrança do estacionamento rotativo a partir de agosto


    Empresa DAC não irá renovar o contrato que vence no próximo dia seis

    ilustrativa/crédito na foto 
    A prefeitura de Videira emitiu uma nota na noite desta quarta-feira (25) informando sobre a situação do estacionamento rotativo do município. Segundo o comunicado a empresa DAC responsável pelo serviço de estacionamento rotativo desde 06\08\2014 não pretende renovar o contrato que encerra no próximo dia seis de agosto devido não ter condições de prestar os serviços em valores inferiores praticados atualmente. Sendo assim a partir desta data não haverá controle no estacionamento público rotativo de Videira.
    A prefeitura informa ainda que lançará novo Processo Licitatório para a contratação de outra empresa que irá explorar tais serviços, onde será estabelecido o novo preço decorrente do certame licitatório.
    Nota oficial sobre o estacionamento rotativo
    1. Diante de manifestação interposta junto ao Ministério Público à respeito do reajuste da tarifa de estacionamento rotativo, àquele órgão emitiu RECOMENDAÇÃO ao Município para que anulasse o aumento anteriormente concedido, aplicando os reajustes acumulados durante o contrato tão-somente com base no IGPM, acumulado no período em que a tarifa não teria sido reajustada.
    2. O contrato mantido com a empresa DAC (prestadora do serviço de estacionamento rotativo), firmado em 06.08.2014, tem como seu termo final o dia 06.08.2018 e por essa condição, o Município notificou a empresa se teria interesse em dar continuidade na prestação dos serviços nos valores calculados em obediência a recomendação do MP.
    3. Em resposta a empresa DAC informou o Município que não teria condições de prestar os serviços em valores inferiores aqueles praticados atualmente.
    4. Diante disso, em atendimento a RECOMENDAÇÃO, o município não efetuará a renovação do contrato com a empresa DAC e lançará novo Processo Licitatório para a contratação de empresa que irá explorar tais serviços, onde será estabelecido o novo preço decorrente do certame licitatório.
    5. Pedimos a compreensão dos cidadãos, pois a partir do dia 06.08.2018 até a contratação de nova empresa, não haverá controle no estacionamento público rotativo nas ruas da cidade, o que poderá gerar transtornos, porém permanece inalteradas as obrigações quanto ao cumprimento das normas do Código de Trânsito Brasileiro.
    6. O Município envidará todos os esforços para devolver os serviços na maior brevidade possível, contudo, o processo deverá ocorrer dentro da estrita legalidade.

    fonte: Rádio Videira/prefeitura

    Começa o pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2018-2019

    ilustrativa/reprodução

    Começa nesta quinta-feira (26) o pagamento do abono salarial PIS-Pasep calendário 2018-2019 (ano-base 2017). No caso do PIS, o pagamento será para trabalhadores da iniciativa privada nascidos em julho, e no do Pasep é para servidores públicos com final da inscrição 0.


    O valor do abono varia de R$ 80 a R$ 954, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017.


    Tem direito ao abono quem recebeu, em média, até 2 salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).


    Será retomado também nesta quinta o pagamento do abono salarial PIS/Pasep ano-base 2016. O prazo do abono salarial PIS/Pasep ano-base 2016 vai até 30 de dezembro. 
    fonte: G1