quarta-feira, 31 de julho de 2013

Fraiburgo: Já estão à venda as Cartelas da Ação Solidária Entre Amigos 2013.

Compre suas cartelas e concorra a este lindo fuscão ano 1983, ótimo estado de conservação e mais 6 excelentes prêmios!
Com R$ 5,00 você concorrer aos 7 prêmios (abaixo), e contribui com os projetos sociais da APAFEC e da Associação Vital Fraiburgo de Karatê-dô!
 
Para adquirir suas cartelas faça contato pelos fones:
(49) 9113 - 2959 com Luiz Coelho;
(49) 9931 - 6598 com Jilson.

Site da Agência Comunidade já está no ar


Construindo comunicação em mutirão, reaproveitando notícias de diversos canais alternativos e trabalhando num grupo envolvido com a comunicação popular, foi assim que surgiu a Agência Comunidade, para entrar num mundo da comunicação alternativa, popular com conteúdos de interesse do trabalhador e da trabalhadora, oportunizando rádios comunitárias, sites de notícias alternativos, notícias locais, chamadas, notícias sindicais entre tantos outros que são de puro interesse de cidadãos e cidadãs que são os protagonistas principais deste novo veículo.
Iniciado sem subsídio, sem recursos foi feito comunicação popular, e iniciado uma trajetória que vem de encontro com seu Slogan " Construindo comunicação em mutirão".

O site está no ar, e entra agora nos próximos dias em teste.

www.agenciacomunidade.com.br 

Posteriormente virão novidades.
Minha foto

Taxa de desemprego se mantém estável em junho, segundo Dieese e Seade


A taxa média de desemprego em seis regiões metropolitanas e no Distrito Federal ficou em 10,9% em junho, ante 11,2% em maio e 10,7% em junho do ano passado, segundo pesquisa da Fundação Seade e do Dieese, divulgado hoje (31) pela manhã. Em São Paulo, a taxa passou de 11,4% (índice apurado nos dois meses anteriores) para 11,3% – em junho de 2012, foi de 11,2%. O índice na região metropolitana de São Paulo segue sendo comparável aos dos anos 1990.
Os dados apontam um mercado de trabalho relativamente estável, com pouca variação em relação à entrada e saída de pessoas. O número de ocupados, por exemplo, estimado em 19,719 milhões, variou 0,4% no mês e 0,3% em 12 meses, o equivalente a 52 mil empregos a mais em relação a junho de 2012.
O total de desempregados foi estimado em 2,424 milhões, 48 mil a menos do que em maio (variação de -1,9%) e 73 mil a mais do que há 12 meses (variação de 3,1%).
O rendimento médio dos ocupados (R$ 1.608) cresceu 0,7% no mês e aumentou 1,4% em 12 meses.
A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), do Seade e do Dieese, não é comparável com a Pesquisa Mensal de Emprego, do IBGE. A taxa de desocupação em junho, pelo instituto, foi de 6%, em variação avaliada como pouco significativa tanto em relação a maio (5,8%) como a junho de 2012 (5,9%).
fonte:RBA

Campeonato de Inverno das Escolinhas de Futsal de Tangará teve mais uma rodada ontem

O Campeonato de Inverno das Escolinhas de Futsal 2013 de Tangará prosseguiu na última terça-feira (30), com cinco jogos no ginásio municipal. O primeiro confronto foi pela categoria Sub-09 onde a equipe do Águias de Ouro venceu o Barcelona por 6 x 2, já a equipe dos Bons de Bola venceram a equipe da Vila por 5 x 2.
Na categoria Sub-11 a equipe do Pânico venceu o Fênix Brasil por 3 x 0, na sequência a equipe Os Guris venceu o Real Madri por 6 x 1. Pela categoria feminina a equipe de Iomerê venceu o Storm por 7 x 2.
Fonte: Prefeitura Municipal de Tangará

Comunidade de São Roque realizou 12ª Codornada Dançante





Aconteceu no sábado dia 27(vinte e sete) de Julho na comunidade de São Roque no município de Pinheiro Preto 12ª Codornada Dançante. A equipe da Rádio Comunitária, Jornal Vitória e Agência Comunidade estiveram presentes.
O evento que tem como objetivo valorizar a cultura Italiana, contou com a gastronomia típica como codorna, sopa de agnoline, polenta frita, vinho, suco, dança e a animação da Banda Arenhart, que alegrou publico aproximado de 600 (seiscentos) pessoas entre eles membros da comunidade de São Roque e dos municípios visinhos.
“Pinheiro Preto tem por tradição essas noites italianas e essa codornada se tornou um evento consolidado aqui no município, tem um cardápio típico e todos os moradores tem isso por tradição”, disse Euzébio Calisto Viecelli  Prefeito de Pinheiro Preto
Merece destaque a participação das vinícolas que doaram o vinho e o suco para o evento Granja São Henrique, Irmãos Piccoli, Vinhos Casal Piccoli, Vinhos Duelo, Vinhos Longa Vida, Vinhos Patrício, Vinhos Piccoli, Vinhos Pinheirense, Vinhos e Sucos Randon, Vinhos Rigo Ltda, Vinícola da Serra, Vinícola Farina, Vinícola Megiolaro, Vinícola São Pedro, Vinicola Zangalli, Bebidas Florete, Cooperativa de Produção Agropecuária de Pinheiro Preto, Vinhos Zanella, Bebidas Perin, Sucos Bressanelli, Bebidas Aliança, Vinhos Zanella, Vinhos Coloniais Vian e Sucos Nova Esperança.
O deputado estadual Romildo Titon também esteve prestigiando a codornada e parabeniza Pinheiro Preto pela valorização da cultura Italiana do município.
“O objetivo da nossa visita é valorizar esse evento que a comunidade de São Roque faz, trás pra cá não só pessoas de Pinheiro Preto mais também de municípios vizinhos. Essa codornada é comemoração de longos anos e estão todos de parabéns por expor o que se é produzido com muita qualidade na comunidade”, disse Titon.

Redação e Fotos: Joslaine Zucco Rádio Comunitária Tangaraense

Caçador: Homem é alvejado com três tiros na Linha São Pedro

Um homem foi atingido por três disparos de arma de fogo na noite desta terça-feira, 30 de julho, em uma chácara na Linha São Pedro, área rural de Caçador. Antônio Fernando Gonçalves Cordeiro, 52 anos, foi atingido na virilha, em um dos pés e de raspão na cabeça. Ele foi levado ao Hospital Maicé por terceiros, e não corre risco de morte. 

De acordo com informações, a Polícia Militar teria recebido por volta das 22hrs, à ligação de uma jovem que solicitava a presença de uma guarnição, pois um familiar seu estava sendo vítima de assalto. A informante estava na área urbana, mas segundo ela o fato estaria acontecendo na Linha São Pedro em uma propriedade onde morava a suposta vítima. 

Segundo o que a moça repassou para a PM, a vítima teria ligado para ela e dito que estava trancado dentro de casa e teria passado algumas horas amarrado em uma cadeira, até conseguir se desvencilhar e ligar para ela.

De posse de melhores informações a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) encaminhou viaturas até o local, no sentido de verificar a veracidade dos fatos. Chegando lá a casa foi encontrada toda revirada e com várias marcas de sangue. Pelos dados repassados à PM, a vítima teria entrado em luta corporal com os supostos assaltantes até ser dominado e amarrado em uma cadeira.

Várias rondas e buscas foram realizadas pelas imediações, mas ninguém foi encontrado. Três moradores de propriedades vizinhas chegaram a ser encaminhados a delegacia para prestar depoimento, mas nenhum ficou preso.



Apesar dos indícios de que a ocorrência se tratava realmente de um assalto, a PM descobriu várias outras possíveis motivações para o crime, a principal delas seria de um provável acerto de contas entre a vítima e outros suspeitos que não tiveram seus nomes revelados.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi acionado para coletar dados que possibilitem a identificação dos autores dos disparos que atingiram a vítima. O caso foi entregue a Polícia Civil que deve instaurar inquérito para apurar os fatos.
fonte:PortalCDR

IDH: Erval Velho possui Índice de Desenvolvimento Humano Alto

Dados foram divulgados nesta segunda-feira (29) 


O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Erval Velho é 0,723, segundo pesquisa da Organização das Nações Unidas (ONU). O município está situado na faixa de Desenvolvimento Humano Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799). Entre 2000 e 2010, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Longevidade (com crescimento de 0,096), seguida por Educação e por Renda. As faixas de desenvolvimento humano são calculadas tendo como base o Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) dos 5.565 municípios pesquisados pelo Censo de 2010, do IBGE. Das capitais brasileiras, apenas cinco delas aparecem entre os 20 municípios de maior IDHM: Florianópolis (3º), Vitória (4º), Brasilia (9º) e Belo Horizonte (20º).

IDHM de Erval Velho: 0,723

Expectativa de Vida: 0,868 (77,07 anos)

Renda: 0,736 (R$ 780,33)

IDHM Final: 0,723

Fonte: Departamento de Jornalismo / Erval FM

Em Salto Veloso apresentação do Espetáculo " A Esperança entre o Assalto e o Salto do Veloso"

Neste sábado dia 03 a partir das 20 horas no município de Salto Veloso, acontece a apresentação do grande espetáculo encenado pelo grupo Amigos de São Pedro, de Pinheiro Preto. 

E a visita do Papa Francisco?

Escrito por Paulo Reims

Semana passada, durante a XXVIII Jornada Mundial da Juventude, acontecida no Rio de Janeiro, esteve presente, também, o Papa Francisco, inaugurando o seu pontificado, com a primeira viagem internacional.

Os olhos, ouvidos, e também os corações de muita gente, do mundo inteiro, estiveram voltados para este acontecimento que reuniu mais de três milhões de pessoas; um número considerável. Quem mais esteve atenta foi a imprensa!

Agora todo mundo pode fazer sua análise, emitir opiniões e pareceres a respeito do evento; todos querem ser o mais autêntico possível em suas conclusões, mas quem estará mais próximo da verdade? Eis uma questão muito complexa. As isenções e imparcialidades são necessárias para não cairmos em contradições, mais ou menos sérias.

Evidente que para fazer afirmações é preciso partir da premissa de que se conhecem, pelo menos, os princípios que regem um acontecimento desta envergadura, e também um pouco da história pessoal de quem queremos comentar, o Papa Francisco; isto é fundamental.

No caso, é necessário conhecer os objetivos da JMJs e como vivia Jorge Mario Bergoglio, na cidade Portenha, no Sul da nossa América Latina.

Quanto tenho conhecimento, o grande objetivo das Jornadas é levar a juventude católica e todas as pessoas de boa vontade, do mundo inteiro, a fazerem, ou a aprofundarem sua experiência de encontro pessoal com o Mestre Jesus, Caminho, Verdade e Vida (Jo 14,6), e por Ele se tornarem protagonistas de um mundo mais humano, fraterno, justo e solidário. Mas para organizar um evento deste porte não é nada fácil, mesmo com um contingente muito grande de voluntários a colaborar. É algo muito complexo e demanda participação de muitos organizadores, muito tempo, trabalho, dinheiro, e muita disposição com paixão.

No Rio de Janeiro, mesmo no inverno, normalmente o clima é ameno e agradável, mas desta vez o tempo pregou uma peça: chuva e frio. Fatores que contribuíram para aumentar enormemente as normais dificuldades de uma jornada desta proporção.

Os atos centrais da Jornada que deveriam acontecer no espaço denominado “Cidade da Fé”, na zona oeste do Rio de Janeiro, tiveram que ser transferidos para Copacabana. Imagine os transtornos e inseguranças que isto gerou, especialmente para os organizadores, em todos os sentidos, mas também para os participantes, especialmente em se tratando da locomoção e satisfação das necessidades fisiológicas, considerando que era literalmente uma multidão...

Pelo que pude acompanhar, pelos meios de comunicação, mesmo com estes transtornos enormes, gerados nas últimas horas, a Jornada não perdeu o seu brilho. Percebi que havia uma sintonia muito grande entre a multidão e os dirigentes, entre os que faziam a extensa pauta do encontro acontecer. Espero, sinceramente, que apesar de tudo, a Jornada tenha atingido suas metas.

E a “Cidade da Fé”? Tanto trabalho, tanto investimento... para quê? Gesto louvável foi anunciado pelo Bispo do Rio de Janeiro, no final da Jornada: “Este local, por determinação da equipe, vai ser um bairro popular”. Diz o ditado que Deus escreve certo por linhas tortas. Tantas pessoas vão dispor de um lugar digno para morar e viver. Parabéns pela decisão!
E quanto ao ilustre visitante, o Papa Francisco? Os argentinos portenhos seriam os mais aptos a fazerem sua avaliação, uma vez que o conheceram mais de perto e por longo tempo, portanto, poderiam falar dele com mais propriedade.

Porém, a partir das minhas percepções, ele se sentiu em casa, até porque os cariocas não deixam por menos, com a sua habitual cordialidade em acolher bem as pessoas, contribuíram para que tal acontecesse da forma mais espontânea possível.

O Papa Francisco foi muito feliz desde que aqui chegou; suas primeiras palavras foram: “venho bater delicadamente na porta dos vossos corações, para lhes dar o que de mais precioso me foi dado, Jesus Cristo”.

Não creio que seus gestos e atitudes tenham sido apenas encenações, e me parece que a poesia está no seu sangue. Senti que tudo brotava de um coração sincero. Ele foi muito sábio, diplomático, e não lhe faltou a iluminação divina para a sua missão durante a jornada e também na sua visita ao Santuário de Aparecida.

Não o caracterizaria como um homem progressista, aliás, a hierarquia católica na Argentina sempre foi muito tradicionalista. Mas tenho a impressão de que sua simplicidade agradou a todas as pessoas, e ele tem deixado esta simplicidade, e por vezes certa austeridade, transparecer desde sua eleição para Bispo de Roma. Ele até chegou a dizer que esta é sua maneira normal de viver, portanto já vem de antes. Não lhe agrada o excesso de formalidade.

Uma repórter dizia, logo após o avião que o levou de volta a Roma tenha decolado, que o Papa “vive a simplicidade de forma elegante”.

Ele pediu uma Igreja pobre no meio do povo, sendo acolhedora, carinhosa e misericordiosa, especialmente para com os mais sofridos. E abertamente solicitou que as autoridades da Igreja deixem de lado a mentalidade principesca, pois isso em nada combina com o Evangelho de Jesus.

A leitura que faço, a partir do que vi, ouvi e li, é a de que o Papa  quer fazer jus ao nome que escolheu para si, Francisco.

Há um hagiógrafo que afirmou de Francisco de Assis: “Ninguém imitou tão bem ao Mestre Jesus neste mundo quanto São Francisco de Assis”. Fico na torcida para que ele continue neste caminho, e para que possa fazer com que toda a Cúria Romana e a hierarquia católica vivam, também, esta simplicidade que deve caracterizar todos os(as) seguidores de Jesus Cristo, estando sempre ao lado dos “pequenos, sofredores e empobrecidos”.

Na noite de domingo, após o Papa ter iniciado sua viagem de retorno, a TV Globo anunciava: “Não percam a entrevista exclusiva do Papa Francisco a um repórter da Globo. É um furo de reportagem para o mundo”. Também assisti a reportagem, porém confesso que não ouvi nada que não tivesse ouvido antes, nos pronunciamentos do Papa Francisco, ao longo destes primeiros quatro meses de seu ministério.

A única novidade foi ele ter dito ao repórter que não tinha medo de passar no meio do povo, dentro do carro com os vidros abertos. E completou: “se algo acontecer é porque tinha que acontecer, pois ninguém morre na véspera”. Pessoalmente discordo deste ditado popular. Morre-se na véspera sim, Papa Francisco.

Depois, durante o voo, o senhor deu outra entrevista, desta vez coletiva, mas elitista, não fiquei sabendo que houvesse ali alguém da imprensa popular, onde o senhor afirmou que prefere ser contestado, ou seja, que discordem de suas ideias, pois isso propicia o início de um diálogo fraterno.

Assim, quero lhe dizer que uma multidão de crianças, jovens e adultos morrem na véspera, vítimas da fome, da violência, da indiferença...; indígenas são assassinados para lhes tomarem as terras; igualmente, os agricultores sem-terras e sem-tetos são mortos na luta pelos seus legítimos direitos, às vezes a mando das próprias ditas autoridades constituídas; pessoas morrem na véspera vítimas de ódio religioso, por racismo e homofobia... Enfim, muitas pessoas são torturadas e assassinadas pelos detentores dos poderes constituídos ou não, por defenderem o direito à vida digna para os pobres e excluídos. O senhor deve ter esquecido, mas entre estas pessoas estão leigos (as), padres, pessoas consagradas, bispos, inclusive o seu irmão no episcopado, Dom Oscar Romero, que foi assassinado celebrando uma missa, por defender os pobres, e ter denunciado as atrocidades cometidas contra o povo. Aliás, neste aspecto, o Papa precisa ter uma palavra mais objetiva, precisa dar  nomes aos bois, com o perdão dos bovinos. Uma denúncia generalizada do sistema economicista que exclui tanta gente da vida digna foi feito, mas uma palavra mais pontual do Papa vai fazer toda a diferença. Espero que o senhor chegue a isso, pois Jesus anunciou a boa notícia, mas denunciou os delitos dos perversos, lhes dando nomes (cf. Lc 13,31-35).

Papa Francisco, muita gente continua morrendo na véspera e não podemos continuar calados. O senhor disse ao repórter que não conhecia as causas que levaram os jovens às manifestações nas ruas do Brasil. Esta foi apenas uma saída diplomática. Sei que o senhor ficou sabendo pelos seus assessores; mas se saiu bem, quando pedia aos jovens para não se deixarem manipular, e que aprecia o inconformismo da juventude.

O senhor foi muito feliz quando pediu para fazer a justiça e a solidariedade vencerem o egoísmo, a indiferença e o individualismo.

Papa Francisco, tomo a liberdade fraterna de lhe dizer que o senhor deveria ter mencionado alguns nomes, fazendo memória de algumas pessoas que deram a vida na véspera, nesta América Latina, pela dignidade de tanta gente sofrida, e pela força da fé “n’Aquele que veio para que todos tenham vida, e a tenham em abundância” (Jo 10,10).

Mas, não sou pessimista, e por isso afirmo que o saldo da sua visita foi positivo, e lhe desejo coragem, perseverança e pregressos na sua missão de ajudar a humanidade a ser melhor, pois é possível. Conte, também, com minha humilde prece, como o senhor pediu muitas vezes, na Itália e aqui no Brasil, também. Abençoe-nos, sempre!

Celesc adere à campanha contra a Corrupção


O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) assinou, nesta segunda-feira (29/7), termo de cooperação com as Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. (Celesc), que aderiu à campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”
 
O termo prevê a divulgação da campanha nas correspondências expedidas pela empresa, a publicação de mensagens referentes ao projeto nas contas de energia elétrica, a realização de debates internos sobre o assunto e a colocação de cartazes e folhetos nas agências de atendimento ao público.
 
Assinaram o termo pelo Ministério Público o Procurador-Geral de Justiça, Lio Marcos Marin, e o Promotor de Justiça, Henrique Rosa Ziesemer, que coordena a campanha em Santa Catarina. Pela Celesc, assinaram o Presidente, Cleverson Siewert, e o Diretor de Gestão Corporativa da Empresa, André Bazzo.
 
Na opinião de Ziesemer, a adesão da Celesc à campanha “representa um grande avanço, pois é uma empresa que participa da vida dos cidadãos de maneira intensa, por meio de concursos, licitações e manejo de dinheiro público”. Ele acrescenta que a mensagem da Celesc tem potencial de alcançar milhões de catarinenses, pois está presente diariamente na casa de seus consumidores.
 
 

FONTE/ENVIO: MPSC

Motorista perde controle e capota carreta na SC-135



Uma carreta carregada de chapas de MDF capotou na manhã desta terça-feira, 30 de julho, na SC-135 entre Caçador e Calmon. O acidente aconteceu por volta das 10h15min, nas proximidades da entrada da Linha Castelli.

De acordo com informações, a carreta dirigida por Paulo Sérgio Bataglion, 35 anos, era de Caçador, mas havia carregado em Curitibanos e se deslocava para Goiânia-GO. Quando contornava uma curva a cerca de 5 quilômetros da área urbana de Caçador, a carga acabou deslizando de cima do veículo e caindo sobre a via. 



Segundo José Jurandir Moreira Pinto, 51 anos, condutor de um caminhão VW Constellation que acabou sendo atingido pela carga e lançado para fora da pista, logo que entrava na curva as chapas começaram cair, fazendo com que a carreta fosse tombando aos poucos até virar completamente e se arrastar por aproximadamente 40 metros.

“Quando percebi ela tombando, tentei segurar meu caminhão, mas ela vinha ao meu encontro. Tirei o quanto pude, mas as chapas bateram forte na lateral e me jogaram pra fora do asfalto”, contou Jurandir.

Depois de ser acionado o corpo de Bombeiros Voluntários de Caçador deslocou uma unidade de resgate para o local e uma de combate a incêndio. Além de o motorista da carreta ter ficado preso ás ferragens, havia risco de incêndio, pois grande quantidade de combustível ficou espalhada na pista.

Auxiliados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) os bombeiros precisaram de cerca de uma hora para resgatar o condutor. “Foi um trabalho muito minucioso onde precisávamos tomar grande cuidado, já que todo o peso da cabine e do rodado do caminhão estava sobre a vítima. Graças a Deus os trabalhos foram bem desenvolvidos e conseguimos resgatar o rapaz ser ferimentos graves”, comentou o comandante dos Bombeiros Voluntários, Anderson Caetano.

Depois de ser socorrido, o motorista da carreta foi encaminhado pelo SAMU ao Pronto Socorro do Hospital Maicé para receber atendimento médico. Além da carreta que capotou e do caminhão que saiu da pista atingido pelas chapas, outro caminhão, de menor porte também trafegava pelo local colidiu na lateral da carreta, porém os danos foram menores e o motorista não ficou ferido.

A rodovia ficou fechada por aproximadamente duas horas até que a pista fosse lavada e os veículos e cargas fossem removidos.

fonte:P.CDR

Alunos do Projovem coletam materiais recicláveis para desenvolver projeto


Os alunos do Projovem de Tangará, com base no programa, estão elaborando um projeto com materiais de reciclagem, onde está se buscando a colaboração da população para a coleta de material reciclável para desenvolver esse projeto. Entre os materiais necessários para o desenvolvimento do projeto estão, garrafas pet de todos os tamanhos, caixa de leite, cone de rolo de papel higiênico e de toalha de papel, litro de amaciante, copinho de iogurte, dentre outros matérias recicláveis.
Segundo a coordenadora do Projovem Gilka Tonello, os materiais poderão ser entregues no CRAS em horário comercial até o dia 10 de agosto. “Gostaríamos de pedir para que a população tangaraense guarde artigos que sejam recicláveis para ajudar nossos alunos a desenvolver o seu projeto com sucesso, mas para isso precisamos da colaboração de todos” comenta a coordenadora.
Serviço: O que: Coleta de materiais recicláveis
Onde: CRAS de Tangará
Quando: Todos os dias até 10 de agosto
Horário: Em horário comercial.
fonte:Pref.Tangará

Xanxerê adere ao Programa Mais Médicos

Xanxerê adere ao Programa Mais MédicosA Secretaria Municipal de Saúde fez o cadastro para quatro médicos onde irão atender nos Postos de Saúde (Foto: Arquivo/Tudo Sobre Xanxerê)
A Secretaria Municipal de Saúde se cadastrou ao Programa Mais Médicos, governo Federal, ainda no primeiro dia que abriu o processo de inscrições, se tornando a quarta cidade a aderir ao programa em todo Estado. O processo encerrou na última semana e, em Santa Catarina, 174 cidades mostraram interesse em aumentar o quadro de médicos. Xanxerê solicitou quatro médicos, clínicos gerais, para atuar nos Postos de Saúde.
A época da inscrição, Cristiano Toffolo era o secretário de Saúde. Ele explicou, na manhã desta terça-feira (30), que o Programa não mostra prazos para as contratações.
- Já fizemos o cadastro do município de Xanxerê, ainda no primeiro dia que abriu as inscrições, no início do mês de julho. Agora, existe o cadastramento dos médicos, em seguida esses profissionais serão chamados para as cidades, por isso não foi estipulado prazos ainda – comenta o ex-secretário.
De acordo com informações da RedeComSC, desde a abertura das inscrições do programa governamental que tem a intenção de aumentar o quadro de médicos, apenas 34 prefeituras fizeram a sua inscrição. Ou seja: 47% das administrações optaram por não aderir ao programa. Entre aquelas que não aderiram, destaque Itá, Guatambu, Mondaí, Palmitos, São Carlos, São Miguel do Oeste e Xaxim. Já entre as cidades que se inscreveram estão Abelardo Luz, Chapecó, Concórdia, São Bernadino, Faxinal dos Guedes, Maravilha, Nova Erechim, Xanxerê, entre outras.

Confira relação de todas as cidades inscritas no programa (oeste)
Abelardo luz
Alto Bela Vista
Anchieta
Alto Bela Vista
Anchieta
Barra Bonita
Belmonte
Caibi
Campo Erê
Chapecó
Concórdia
Cunha Porã
Dionísio Cerqueira
Entre Rios
Faxinal dos Guedes
Galvão
Guaraciaba
Ipumirim
Irani
Maravilha
Marema
Nova Erechim
Pinhalzinho
Ponte Serrada
Princesa
Riqueza
Saltinho
São Bernardino
São Domingos
São João do Oeste
São Lourenço do Oeste
Saudades
Vargeão
Xavantina
Xanxerê


Cidades que não se inscreveram
Águas de Chapecó
Águas Frias
Arabutã
Arvoredo
Bom Jesus do Oeste
Caxambu do Sul
Formosa do Sul
Guarujá do Sul
Guatambu
Ipira
Iporã do Oeste
Iraceminha
Itá
Jaborá
Jardinópolis
Jupiá
Modelo
Mondaí
Nova Itaberaba
Paial
Palmitos
Romelândia
Santiago do Sul
São Carlos
São José do Cedro
São Miguel do Oeste
Seara
Serra Alta
Sul Brasil
Tigrinhos
Xaxim
fonte:TSX-Letícia Faria

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DETERMINA FIM DA PARALISAÇÃO DOS POLICIAIS CIVIS EM SC


O desembargador Luiz Cézar Medeiros concedeu tutela de urgência em ação proposta pelo Governo do Estado para determinar a imediata cessação da greve da polícia civil catarinense, com o restabelecimento dos serviços em sua integralidade, sob pena de multa diária de R$ 50 mil ao sindicato e a seus dirigentes.

    A decisão também determina que o sindicato se abstenha de tumultuar a prestação dos serviços, de bloquear o acesso às unidades e de constranger os servidores, estagiários e empregados que não aderiram ao movimento. Autoriza, ainda, o imediato desconto nos salários dos dias em que não houve trabalho efetivo. O magistrado, em sua decisão, deixa claro não ser papel do Judiciário examinar o mérito da greve e afirmar se as reivindicações formuladas são justas ou não. O que se analisa, distingue o desembargador, é a legalidade do movimento.

    E neste sentido, conclui, o sindicato não comprovou a efetiva realização de assembleia geral da categoria para decidir a paralisação, tampouco apresentou o indispensável plano de manutenção dos serviços imprescindíveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. “Não há como se tolerar a prática manifestamente abusiva dos grevistas de impedir o acesso dos demais servidores não participantes do movimento às unidades, e de constrangê-los”, acrescentou. A decisão foi tomada no início da tarde desta terça-feira (30/7) (Declaratória n. 2013.047814-8).

fonte:PJSC

Confira na íntegra a Nota divulgada pelo Sinpol-SC - greve dos Policiais Civis


O ESFORÇO e UNIÃO demonstrados por todos nos últimos dias, foi rapidamente observado pelo Governo do Estado, apesar de nos últimos anos não ter demonstrado qualquer preocupação e reconhecimento da baixa remuneração da categoria. 

Apesar de já ter enfrentado greves na Educação, Saúde e dos Agentes Penitenciários, todas muito mais duradouras, não foi poupado esforço e já na tarde do primeiro dia de paralisação foi ajuizada ação declaratória contra a quinta greve deste Governo, cuja liminar foi concedida na tarde de hoje. 

Como era de se esperar, o SINPOL-SC irá cumprir a liminar concedida, assim como certamente farão todos os policiais civis do Estado, mesmo quando o Governo do Estado não cumpre a legislação e não paga a data-base. 

E apesar da liminar ainda ser objeto de recurso a ser protocolado nos próximos dias, é importante destacar que o próprio Desembargador Relator já declarou, valendo-se de decisão anterior do STF, em benefício da categoria dos policiais civis, que serviços públicos desenvolvidos por grupos armados: as atividades desenvolvidas pela polícia civil são análogas, para esse efeito, às dos militares, em relação aos quais a Constituição expressamente proíbe a greve

E se o serviço da polícia civil foi declarado pela justiça como essencial e análogo ao da polícia militar, exatamente como solicitado pelo próprio Governo do Estado, O SINPOL PASSARÁ A EXIGIR TAMBÉM TODOS OS DIREITOS CONCEDIDOS AOS MILITARES, a exemplo da promoção pela aposentadoria, jornada de trabalho de seis horas, pagamento de horas extras e adicional noturno, diárias em valores idênticos e tantos outros, que não cabe aqui se alongar. 

Desta forma, em cumprimento da decisão judicial, apesar do exemplo não ser dado pelo Governo do Estado, o Presidente do SINPOL-SC solicita a todos os Policiais Civis de Santa Catarina que aderiram ao movimento grevista, que RETORNEM ÀS SUAS ATIVIDADES PROFISSIONAIS EM SUAS RESPECTIVAS UNIDADES POLICIAIS. Ainda, que sejam RETIRADOS das faixadas e dos acessos da unidades policiais, as FAIXAS E COMUNICADOS DE GREVE.

PERMANEÇAM todos e todas Policiais Civis Catarinenses, MOBILIZADOS MEDIANTE USO DA CAMISA DO DESCASO E MANUTENÇÃO DAS FAIXAS DO DESCASO, bem como para realização de ASSEMBLEIAS E ATOS PÚBLICOS.

"O EFEITO GREVE OCORREU!" Demonstramos nossa UNIÃO DETERMINAÇÃO para cumprir as deliberações gerais do SINPOL-SC, com disciplina e criatividade. Provamos para nós mesmos que somos fortes e unidos somos temidos, também, pelos maus governantes". 

Anderson Vieira Amorim - Presidente
Juliano Primo Pedrini - Vice-presidente
Arilson Carlos Nazario - Diretor Assuntos Profissionais e de Divulgação
Anderson Nazário - Advogado

fonte:Sinpol/SC

terça-feira, 30 de julho de 2013

Êxtase: traficantes são presos pela PM em Videira


A Polícia Militar de Videira, no meio oeste do Estado, efetuou a prisão de dois homens envolvidos com tráfico de drogas na região.
Policiais militares da Agência de Inteligência (P2) da 1ª Companhia do 15º Batalhão de Polícia Miltiar (BPM) receberam informações de quem um veículo estaria vindo de Florianópolis com entorpecentes. Uma operação foi montada e quando o veículo suspeito - um VW New Beetle - deslocava entre Fraiburgo e Videira, foi realizada a abordagem, no trevo de acesso à Caçador.
No interior do veículo estavam dois homens, com os quais nada foi encontrado. Contudo, no interior do automóvel, foram encontrados 60 comprimidos de êxtase e 38 cápsulas de outra droga sintética - MD.
Diante dos fatos, ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia da Comarca de Videira, juntamente com a droga e o veículo apreendidos, para as providências cabíveis.
fonte: PM/SC

Trabalhadores dos Correios entregam reivindicações à empresa e preparam mobilização

correios-foto-marcellocasaljr
Foto: Marcello Casal Jr./ABr
Em campanha salarial, os trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) entregaram nesta terça-feira (30), em Brasília, a pauta de reivindicações da categoria à empresa. Entre os principais pontos do documento estão aumento real de 15% e reposição da inflação em 7,13 % (de agosto de 2012 a julho de 2013).
Os trabalhadores também pedem o pagamento de perdas salariais do período de 1994 a 2002, calculadas em 20%; jornada de trabalho de seis horas para atendentes comerciais e a contratação imediata de 110 mil funcionários. Outro ponto reivindicado é a entrega de correspondências somente no período da manhã.
No calendário de lutas da categoria estão previstos atos nacionais a partir da última quinzena de agosto. Caso não ocorra acordo durante as negociações, os trabalhadores têm marcado para setembro uma assembleia para deflagração de greve.
As últimas negociações entre a Federação que representa a categoria (Fentect) e Correios terminaram sem acordo entre as partes. Ocaso precisou ser julgado pelo Tribunal Superior do Trabalho.
 Radioagência NP

Campeonato de Inverno das Escolinhas de Futsal de Tangará tem mais uma rodada hoje


O Campeonato de Inverno das Escolinhas de Futsal 2013 de Tangará prossegue nessa terça-feira (30), com cinco jogos no ginásio municipal. O primeiro confronto tem início ás 18:30 horas pela categoria Sub-09 onde o Barcelona enfrenta a equipe do Águias de Ouro, já as 19 horas a equipe da Vila enfrenta os Bons de Bola.
Na categoria Sub-11 a equipe do Pânico enfrenta o Fênix Brasil, na sequência o Real Madri enfrenta Os Guris. Pela categoria feminina a equipe do Storm enfrenta a equipe de Iomerê.
Fonte: Prefeitura Municipal de Tangará

Prefeitura de Tangará adota turno único de trabalho a partir dessa quinta-feira (01)


- Novo horário de trabalho busca reduzir os gastos com os órgãos da administracao municipal. Medida deve se estender até o final do ano.
A Prefeitura de Tangará está adotando a partir do dia 01 de agosto o horário diferenciado de atendimento ao público. A partir dessa quinta-feira o expediente na maioria das repartições públicas do município começa às 13 horas e se estende até as 19 horas. O novo horário foi estabelecido através do decreto 052 de 12 de julho de 2013.
 A secretária de administração, Luciane Bertaioli Piva, destaca que a medida visa assegurar economia nas despesas da Prefeitura, como a redução nos gastos, como os de energia elétrica, telefone e material de expediente.
Ela destaca que fica instituído turno de trabalho de seis horas diárias para os servidores da administração direta, com horário de trabalho das 13 ás 19 horas, com quinze minutos de intervalo para descanso. 
O novo horário de trabalho não abrangerá os servidores da Secretaria de Educação e Esportes, Creche Municipal Ângela Fuganti, Centro de Educação Tangaraense Mara Regina Simionatto (CETA), Escola Municipal Maria Luiza Ozório Zummer, Núcleo Avançado de Ensino Supletivo (NAES), Escola Profissionalizante Sybila Aurélia Fornazzari, Secretaria de Saúde e Assistência Social e Hospital Municipal Frei Rogério.
Fonte: Prefeitura Municipal de Tangará

Apostaremos na negociação até o fim, afirma secretário da CUT em mesa sobre o Projeto 4330 da terceirização



A CUT e as demais centrais sindicais se reuniram na tarde desta segunda-feira (29), no Ministério do Trabalho, com governo federal, empresários e parlamentares em mais uma rodada de negociação sobre o Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que regulamenta a terceirização.

O PL de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), que já recebeu parecer favorável do relator do texto na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC), Arthur Maia (PMDB-BA), traz imensos retrocessos.

Entre os ataques à classe trabalhadora estão a permissão para a terceirização sem limites, inclusive na atividade essencial da empresa, a legitimação da desigualdade de direitos entre contratados direitos e terceirizados e o enfraquecimento da responsabilidade solidária, aquele em que a empresa principal arca com as dívidas trabalhistas não pagas pelas terceirizada.

Secretário-Geral da CUT, Sérgio Nobre, abriu o encontro criticando o retorno à pauta no Senado de outro projeto que também trata do trabalho terceirizado. No dia 17 de julho, o senador Armando Monteiro (PTB-PE), ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), apresentou na Comissão de Constituição e Justiça da Casa um substitutivo ao PLS 87/10, na mesma linha do PL 4330.

Discussão à mesa –Nobre destacou que qualquer discussão sobre o tema deve ocorrer na mesa quadripartite. “Isso trouxe um enorme desconforto para a bancada dos trabalhadores. Precisamos estabelecer o campo em que iremos resolver o debate sobre a terceirização e, para nós, é a mesa de negociação”, disse.

Após comparar uma manifestação que a CUT promovia às portas do Ministério com a decisão do senador Monteiro, qualificando ambas como lutas em lados opostos, Arthur Maia classificou a ação do ex-dirigente da CNI como uma posição individual e inferior a da mesa de negociação. Disse ainda que conversou com o representante patronal e esse, por sua vez, teria afirmado desconhecer a mesa de negociação, além de ter assumido o compromisso de impedir a tramitação do PLS 87.

Sérgio Nobre afirmou também que a Central não desistirá do diálogo. Porém, ressaltou que avanços dependem do interesse dos empresários em discutir abertamente..


“Vamos investir na negociação até o final para que os mais de 10 milhões de terceirizados não tenham mais seus direitos desrespeitados. Agora, só fecharemos acordo se houver bom senso dos empresários, porque não dá para construir uma proposta baseada somente na visão deles”, afirmou o dirigente.

Todos nas ruas no dia 6 – Por fim, ele aproveitou para lembrar a importância da participação da classe trabalhadora nas manifestações do dia 6 de agosto em todo o país.

“Temos de nos preparar também, caso não haja consenso, e, por isso, convocamos os trabalhadores a mostrarem a capacidade de mobilização no próximo dia 6, diante das sedes patronais de todo o país. Esses atos serão fundamentais para fazer com que empresários, governos e parlamentares ouçam nossa voz.”

CUT vai às bases dos deputados

Secretária de Relações do Trabalho, Maria das Graças Costa, também mostrou insatisfação diante da postura dos empregadores.

“Os empresários não estão aceitando propostas e não estão dispostos a uma regulamentação que não precarize. Não vamos abrir mão dos pontos que devem ser regulamentados, da isonomia de direitos, da responsabilidade solidária, da garantia de representação sindical e do direito à informação prévia em caso de terceirização. Se os parlamentares traírem a classe trabalhadora, vamos às bases deles para mostrar o que estão fazendo no Congresso”, alertou.

Relator presta esclarecimentos

Na saída do Ministério do Trabalho, o deputado Arthur Maia foi questionado por manifestantes cutistas
sobre diversos pontos do projeto.


Perguntado sobre um dos itens mais polêmicos e combatidos pelas centrais, a terceirização em quaisquer atividades, o parlamentar demonstrou apoiar a ideia, quando atrelada ao conceito de atividade especializada.

“Isso tem relação com um tema que ainda não veio para a mesa de negociação, que é a filiação sindical do terceirizado. Sobre esse tema eu topo uma alternativa, mas não podemos brincar de fazer lei. Se você está mudando o conceito de especialização, pode terceirizar tudo, desde que seja uma atividade especializada, saindo desse conceito de atividade-fim e atividade-meio que não contribui e não dá segurança jurídica.”

Calendário de luta – Na tarde desta quarta (31), as centrais voltam a se reunir para discutir o tema, desta vez, em São Paulo. As negociações da mesa quadripartite voltam na próxima segunda, dia 2 de agosto, e a expectativa é que a discussão continue durante toda a próxima semana. A votação do PL, caso realmente exista um consenso, deve ocorrer somente no dia 13 de agosto.

Antes disso, nos dias 6 e 30 de agosto, as centrais promovem mais duas datas de ações unificadas em todo o país. A primeira, exclusivamente sobre o projeto 4330 e, a segunda, sobre uma ampla pauta da classe trabalhadora, que inclui a redução da jornada para 40 horas semanais sem redução de salários e o fim do fator previdenciário. 

fonte:CUT/Luiz Carvalho